Ruptura de LCA, quais são minhas opções?


Esta é uma pergunta difícil de responder e que tem sido levantada cada vez mais frequentemente pelos pacientes em nossas clínicas nos últimos anos. Há um crescente número de evidências comparando opções cirúrgicas e não-cirúrgicas, comparando atletas de alto nível. Houve relatos de que estão atualmente, jogadores SEM o LCA jogam na Premier League (Inglaterra).

"O tratamento não cirúrgico pode ser uma opção para até 50% dos jogadores que ferem o LCA"

Opção não cirúrgica

Um aspecto importante em tudo isso é, se você tem um joelho instável, significa que ele cede. Se ele ceder, e você decidir "esperar e ver" então você pode aumenta o risco de ruptura do menisco. Isso é o que os cirurgiões acreditam que pode acontecer. NO ENTANTO, a evidência é controversa. Alguns autores sugerem que não há diferença entre cirúrgico e não cirúrgico em um prazo de 5 anos. Cento e vinte e um "jovens adultos ativos" foram randomizados para reabilitação e cirurgia precoce ou reabilitação por si só (com a opção de uma reconstrução tardia, se necessário). Aos cinco anos de acompanhamento, os pacientes NÃO apresentaram diferenças em sua capacidade de retornar ao esporte, relataram função do joelho ou taxa de lesão do menisco.

Em