Relatório de Valor - Clinica Fisio - Fisioterapia

Como a fisioterapia impacta positivamente na vida dos pacientes e nas operadoras de saúde.

Algumas décadas atrás, a fisioterapia era intimamente ligada à medicina, os professores das faculdades eram médicos, as prescrições do tratamento fisioterápico eram realizadas pelo médico que indicava a fisioterapia. As empresas de fisioterapia mais bem-sucedidas eram dependentes de encaminhamentos médicos muitas vezes devido a parceria da própria empresa. A qualidade do atendimento costumava ser uma preocupação secundária. O importante era produção para “pagar as contas” do atendimento e lucrar com o serviço de fisioterapia.

Hoje, com o mundo em que vivemos, clínicas de fisioterapia que se preocupam somente com a produção e quantidade de atendimento já tem os seus dias contados. Hoje, os pacientes não são mais pacientes, eles são clientes. E como clientes da saúde, exigem não esperar, exigem resultados, exigem atenção, acompanhamento e comprometimento do profissional e da empresa para realizar o melhor e mais eficiente tratamento disponível. Se essas exigências não forem alcançadas, o cliente/paciente irá procurar formas “rápidas” de solucionar o seu problema muitas através de procedimentos cirúrgicos onerosos para o sistema de saúde e por vezes, um divisor de águas para a vida ativa do paciente. Se a vida ativa deixa de existir, problemas cardíacos, renais, circulatórios e osteo musculares surgem. Com esse surgimento de morbidades, há um aumento de despesas para as operadoras e todo o sistema de saúde em um ciclo vicioso que só faz aumentar a cada decisão, muitas vezes tomada pela “certeza” de ficar bom com um procedimento cirúrgico “simples”, o que por fim, só gera mais gastos e tratamentos sem fim.

Nosso conhecimento sobre a biomecânica e fisiologia está agora suficientemente avançado para que seja possível gerar tratamentos efetivos baseados em pesquisas realizadas em todo o mundo. Esses avanços são baseados em cinesioterapia e educação, onde cada paciente é “treinado” para auto gerir uma lesão e procurar uma vida cada vez mais ativa.

Esse tipo de abordagem, no entanto, requer muito investimento para ser sustentado, aplicado e acreditado. Tanto a cultura da população quanto o sistema de saúde precisa perceber o verdadeiro valor da fisioterapia. O desafio é fazer com que as operadoras percebam que estão ganhando quando oferecem consultas individuais com fisioterapeutas, percebam que, quando um paciente está na fisioterapia, ele está economizando gastos de curto (cirurgias, internações, medicamentos, consultas e procedimentos médicos) e de longo prazo (diabetes, hipertensão, obesidade, doenças cardíacas, quedas e fraturas...). Se os custos de um tratamento de fisioterapia excederem em muito os benefícios e a economia com o sistema de saúde, se os pacientes não conseguirem retornar às suas atividades cotidianas /físicas, falhamos em nossa missão. Por outro lado, quando vemos benefícios que superam os custos, somos confiantes de que estamos movimentando o sistema de saúde para um valor mais alto, com melhor saúde e menores custos.

Entender esse equilíbrio faz parte de administrar uma Clínica de Fisioterapia local. Nunca foi tão grande a busca por redução de custos nos sistema de saúde. E na verdade, a fisioterapia ajuda muito na redução e não na oneração, mas é preciso ter uma visão global do sistema de saúde.

No Brasil, em 2017, os gastos privados avançaram de R$ 169,7 bilhões para R$ 314,6 bilhões - sendo R$ 120 bilhões apenas de despesas assistenciais dos planos de saúde com seus beneficiários (1). Nos Estados Unidos, os principais responsáveis por esses gastos são os custos hospitalares (32%); Serviços médicos e clínicos (20%); medicamentos; e outros serviços de saúde, domiciliares e de cuidados pessoais (5%). (2)

Embora a procura e os gastos com fisioterapia tenham aumentado nos últimos anos, sabemos que isso contribuiu para melhorias significativas na saúde dos pacientes. De fato, os estudos estão avançando para demonstrar que a fisioterapia “dá vida aos anos de vida”. Isso, para o sistema de saúde, se traduz em economia de curto e longo prazo.

VALOR DA FISIOTERAPIA

Nós, da Clínica Fisio, unimos as definições de valor dos pacientes e prestadores de serviço e colocamos a experiência do paciente como fator principal que guia nossos procedimentos. A experiência que guia o paciente a retornar suas atividades perdidas devido a lesão e a experiência que o profissional tem de acompanhar o paciente em todas as fases do tratamento até a alta terapêutica.

Acreditamos que o valor do atendimento da fisioterapia está em constante evolução e é responsável por beneficiar a população como um todo.

Nossa missão está estampada em cada profissional. Sempre perguntamos ao paciente “o que você não está conseguindo fazer?”. Essa pergunta é um guia para o plano de tratamento e p