Dor inibe dor - Fisioterapia

November 19, 2018

 

Peço-lhe que considere o que há de errado em você  "sorrir e suportar" a dor por um tempo? O que há de errado em fazer alguma atividade que cause dor?

Ao ser exposto a um estímulo intensivo de dor tônica em uma área do corpo, outro estímulo de dor fásica aplicado a um local remoto é percebido como menos doloroso. A base neurofisiológica para este fenômeno de “dor inibe a dor” foi presumida como sendo uma ativação do mecanismo espino-bulboespinhal denominado “controle inibitório nocivo difuso”.

A modulação de uma dor condicionada é um poderoso mecanismo analgésico, que ocorre quando um estímulo doloroso é inibido por um segundo estímulo doloroso fornecido em um local diferente do corpo. 

Em um estudo, com 54 indivíduos saudáveis, oito estímulos nocivos de calor (estímulos de teste) foram aplicados no lado direito da boca e a atividade cerebral medida por ressonância magnética funcional. Este paradigma foi então repetido. Contudo, após o quarto estímulo nocivo, um estímulo nocivo separado, consistindo de uma injeção intramuscular de solução salina hipertônica na perna, foi administrado. Durante este teste, 23 indivíduos apresentaram analgesia de modulação de dor condicionada, enquanto 31 indivíduos não. Já entendeu a história? Pois é, o seu corpo reage a positivamente a estímulos dolorosos condicionados. Transformando isso em fisioterapia...se você sente dor ao movimentar o ombro para cima, deixar de movimentar vai tornar a dor cada vez pior e movimentá-lo cada vez melhor.   

Ser capaz de, com calma e confiança, fazer com que um paciente faça algo que doa, exige muito mais habilidades de comunicação, construção de relacionamento e motivação do que qualquer outra coisa. Acredite quando digo que não é tarefa fácil pedir a um paciente para fazer algo que o machuque (não verdade não machuca), na verdade é a coisa mais difícil que eu faço no dia a dia, sempre questionando e questionando se estou insistindo demais.

Entenda que é muito mais fácil e simples pedir para que os pacientes evitem, parem, reduzam ou excluam atividades que causem dor. Isso na verdade, não melhora as pessoas nem fazem com que elas voltem a fazer coisas que elas queiram.

 

Obrigado pela leitura

Please reload

Posts Em Destaque

Cinco sinais que o seu tornozelo não está tão bem

02.01.2017

1/4
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Siga