É hora de repensarmos sobre os resultados da reconstrução de LCA

June 16, 2016

 

Há 10 anos atrás, os ortopedistas garantiam aos pacientes com uma lesão do LCA que 90-95% dos casos com reconstrução cirúrgica voltariam a nível excelentes de atividade. Essa informação ainda pode ser ouvida de muitos cirurgões. Estudos recentes avaliando o retorno ao esporte, o risco de sofrer uma nova lesão no LCA operado ou lesão no LCA contralateral mostram que o cenário imaginado é diferente. 

 

No estudo de Walden (Http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/27034129), 78 clubes de futebol profissional foram acompanhados por quatro anos, foram relatados 140 rupturas completas de LCA. Antes de concluir a reabilitação, cinco pacientes tiveram uma nova lesão no mesmo LCA e 4 atletas tiveram lesão no LCA contralateral. Após três anos, 86% dos indivíduos podiam jogar novamente futebol, mas apenas 65% retornaram efetivamente a nível pré lesão. Portanto, se um aleta perguntar quais as chances de retornar ao esporte esse nível não é de 90% e sim de 65%. 

 

Outro estudo Http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/26772611 investigou o risco de reincidência de uma lesão de LCA em atletas após o reparo cirúrgico de LCA. Os autores verificaram que a recorrência era de 7%. No LCA contralateral era de 8%. Isso significa um risco de 15% de lesão de LCA após cirurgia. Esse risco, segundo o mesmo estudo, aumenta para 23% para atletas com menos de 25 anos.  

 

Concluindo que o resultado após a reconstrução do LCA não devem ser avaliados apenas com a estabilidade em testes ortopédicos no pós-operatório do joelho, mas também a capacidade que a pessoa tem para retomar as atividades no nível anterior a lesão. Verifiquem também que a questão psicológica tem muita influência no retorno ao esporte. Vejam: ( http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/25293342 - (The main reasons for not returning were not trusting the knee (28%), fear of a new injury (24%) and poor knee function (22%).- Os principais motivos de não retorno ao esporte é falta de confiança no joelho, medo de movimentar e sem segurança na função). 

 

Esses resultados mostram que as pessoas devem ser informadas sobre os riscos e benefícios da cirurgia de LCA.

 

Adaptado: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/27231334

 

 

Obrigado pela leitura.

 

 

tags: Fisioterapeuta em fortaleza, fisioterapeuta para lca, pós cirurgico de lca, fisioterapia especializada em joelho lca, pre operatorio de lca, cirurgia de lca fisioterapia, é indicado cirurgia de lca, o que fazer antes da cirugia de lca, fisioterapeuta em fortaleza especializado em lca, melhor fisioterapia de fortaleza, método mckenzie em fortaleza, fisioterapia leonardo rebouças bezerra, clínica de fisioterapia. 

Please reload

Posts Em Destaque

Cinco sinais que o seu tornozelo não está tão bem

02.01.2017

1/4
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo